Futebol

Seis jogadores da Liga portuguesa vão disputar a Copa América

Seis jogadores da Liga portuguesa vão disputar a Copa América

A edição 2019 da Copa América, que arranca sexta-feira no Brasil, conta com a participação de seis jogadores que acabaram a principal Liga portuguesa de futebol e ainda um que saiu em janeiro.

O Sporting, com três futebolistas, é o clube mais representado, contando um jogador na Argentina (Acuña), um no Uruguai (Coates) e outro na Colômbia (Borja).

A Venezuela é a única seleção com mais de um 'português', no caso dois, o defesa Osorio, que alinhou no Vitória de Guimarães, e o avançado Jhon Murillo, do Tondela.

A representação da Liga completa-se com o defesa brasileiro Éder Militão, que cumpriu em 2018/19 a primeira época ao serviço do F. C. Porto, mas, entretanto, já foi vendido, por 50 milhões de euros, aos espanhóis do Real Madrid.

Na última edição do campeonato luso também participou o avançado chileno Castillo, que não terminou a prova, pois foi emprestado em janeiro pelo Benfica aos mexicanos do América, não deixando, porém, de sagrar-se campeão.

Os encarnados têm mais um jogador que fez parte dos quadros entre os eleitos para a Copa América, nomeadamente o avançado peruano André Carrillo, que foi emprestado em 2017/18 ao Watford e em 2018/19 ao Al Hilal.

De todos estes jogadores, nenhum esteve na edição anterior da prova (2016), em que o futebol português esteve representado por 10 futebolistas: Maxi Pereira, Layún, Herrera, Corona, Raúl Jiménez, Gaitán, Jonas, Bryan Ruiz, Sema Velázquez e Alex Christian.

Entre os eleitos para a prova de 2019 muitos já passaram pelo futebol português, entre eles 'estrelas' como Ederson, Advíncula, Otamendi, Arias, Alex Sandro, Casemiro, Hurtado, James Rodríguez, Di Maria, Falcao ou Óscar Cardozo, que formariam um 'onze' de grande qualidade.