Futebol

Sérgio Conceição: "Continuar no F. C. Porto? Isso nem é questão"

Sérgio Conceição: "Continuar no F. C. Porto? Isso nem é questão"

Em entrevista à RTP, o treinador do F.C. Porto garantiu que vai continuar como técnico dos dragões na próxima época.

Sérgio Conceição acabou com os rumores em torno de uma possível saída dos dragões e garantiu que vai manter o cargo na temporada 2019/20.

"[Resultado da final] Não define [a continuidade no F. C. Porto]. Aliás, define: tenho três semanas de férias. Vou ficar uma semana a trabalhar depois da final, até porque tenho alguns documentos para entregar à direção, nomeadamente ao senhor presidente. E depois de três semanas começo aqui no Olival a trabalhar a época 2019/20, única e exclusivamente isto. Acho que isso nem é questão [se fica no clube ou não tendo em conta o resultado da Taça de Portugal], um clube como o F. C. Porto tem que pensar mais do que ganhar só um título", começou por dizer.

"Nós ganhámos o campeonato no ano passado. Fizemos um boa campanha na Liga dos Campeões, mas acho que isso por si só não basta, porque há também a Taça da Liga, Taça de Portugal para se ganhar. Este ano, temos muita vontade de ganhar o segundo título. Ganhámos a Supertaça no início do ano, perdemos o campeonato, queremos agora muito ganhar a Taça de Portugal", afirmou.

Quando questionado se a última semana foi a pior desde que chegou aos azuis e brancos, Sérgio Conceição relembrou os 173 pontos conquistados em dois anos e afirmou que não gosta de perder "nem às cartas com os filhos".

"O futebol é um recomeçar constante, ou seja acabamos um jogo e começamos a pensar no próximo. Obviamente há que pensar no final época, a verdade é que fizemos 173 pontos em dois anos, houve campeonatos ganhos com menos de 80 pontos, nós fizemos 85 este ano, se me perguntar se estou satisfeito? Eu preferia ser campeão duas vezes com 75 pontos. Não estou nada satisfeito, mas isso é uma situação passada, recente. Sabem e conhecem a minha forma de estar e ver a profissão, não gosto nada de perder, nem às cartas com os meus filhos, agora imagine o que é perder um campeonato da forma como perdemos na última jornada. O meu sentimento é preparar o jogo de sábado".