Futebol

Sérgio Conceição explica ausência de Danilo

Sérgio Conceição explica ausência de Danilo

Após a derrota do F. C. Porto frente ao Gil Vicente, Sérgio Conceição considerou que a equipa azul e branca esteve "desinspirada" e explicou a ausência de Danilo.

O F. C. Porto começou a Liga com o pé esquerdo. Os azuis e brancos perderam (1-2) frente ao Gil Vicente, em Barcelos e, no final do jogo, Sérgio Conceição salientou que a equipa azul e branca teve várias oportunidades para marcar.

"Estivemos algo desinspirados, não foi um bom jogo da nossa parte. Na primeira parte tivemos oportunidades suficientes para marcar, não conseguimos. Na primeira vez que o adversário foi à baliza, criou perigo e, a partir daí, nos últimos 15 minutos tivemos alguma intranquilidade, ainda não sei bem porquê", começou por dizer.

Soares desperdiçou duas grandes oportunidades de golo, mas o técnico vincou que toda a equipa teve um "um dia menos positivo".

"O Soares não marcou hoje mas já marcou muitas vezes e vai continuar a fazer. Foi um dia menos positivo, mas não foi só do Soares, foi da equipa e meu também. Na segunda parte voltámos a falhar várias ocasiões flagrantes à frente do guarda-redes, depois numa transição o adversário faz o golo. Conseguimos chegar ao empate, depois o adversário faz o 2-1. Tentei meter o Fábio [Silva], dar largura, colocar uma defesa a três, continuámos. Fizemos tudo mas não conseguimos marcar", acrescentou, explicando ainda a ausência de Danilo.

"Não treinou ontem. Nos 90 minutos contra o Krasnodar sentiu o gémeo da perna a prender e teve dificuldades a treinar. Esperámos até hoje a pensar que era e deve ser fadiga muscular, mas teve a informação de que era impossível jogar. Queriamos ter o Danilo em campo, mas não foi possivel", explicou.