F. C. Porto

Sérgio Conceição: "Não podemos relaxar à sombra da vantagem"

Sérgio Conceição: "Não podemos relaxar à sombra da vantagem"

O técnico do F. C. Porto não dá como garantida a presença na final da Taça de Portugal, apesar da vantagem de 3-0 conquistada no Estádio do Dragão.

São três golos de avanço, mas Sérgio Conceição não se fia. Por muito confortável que a vantagem possa ser, o técnico dos dragões promete uma equipa a jogar para ganhar.

"Estamos a meio da eliminatória, não podemos relaxar à sombra dessa vantagem. Vamos defrontar uma equipa forte e temos que pensar que o jogo está 0-0. Preparamos o jogo com o intuito de o ganhar", adiantou, esta segunda-feira, em conferência de imprensa, relativizando o calendário apertado: "No fim deste jogo, pensaremos no Boavista. Queremos muito estar na final do Jamor", acrescentou.

Três dias depois, o F. C. Porto volta a defrontar o Braga e espera um adversário diferente em relação ao duelo para o campeonato.

"Os jogos são todos diferentes. Presumo que o Braga vai ser mais audaz e subido no campo porque tem que ir à procura de fazer golos", referiu.

Sérgio Conceição também falou da última polémica a envolver Francisco Seixas da Costa, um ex-secretário de Estado que chamou "javardo" ao treinador portista.

"Quer queiram quer não, o futebol representa o país como ninguém no estrangeiro. Bolas de Ouro, prestação europeia, etc... Temos que meter na balança e ver quem são os fala-barato e os embaixadores. Não sei como dão tanto destaque a uma pessoa que é completamente irrelevante no panorama desportivo. É estranho. Dou pouca relevância a isso, mas percebo de onde possa vir", completou.

O Braga-F. C. Porto joga-se amanhã, a partir das 20h15, no Municipal de Braga.