Futebol

Sporting perde na Alemanha com penálti fantasma

Sporting perde na Alemanha com penálti fantasma

A equipa de Marco Silva demonstrou um coração enorme para recuperar de uma desvantagem de dois golos (3-1) com apenas dez jogadores em campo, mas, nos descontos, o árbitro de baliza inventou uma grande penalidade que ofereceu o 4-3 ao Schalke 04.

O Sporting entrou super determinado em Gelsenkirchen e criou algumas oportunidades antes de Nani abrir o marcador aos 16 minutos, após um canto estudado. Tudo corria bem à equipa leonina até que, Maurício tornou tudo mais difícil ao ver dois cartões amarelos em 14 minutos do primeiro tempo.

Em vantagem numérica, o Schalke aproveitou de imediato e, no livre que se seguiu ao vermelho mostrado ao central brasileiro, Obasi cabeceou e Rui Patrício cometeu um erro que resultou no empate.

Por falar em erros, o primeiro grave da equipa de arbitragem surgiu a abrir o segundo tempo. O auxiliar não viu o fora de jogo de Huntelaar, não viu a carga sobre Jonathan Silva e o holandês aproveitou para rematar cruzado para o 2-1.

E quando Howedes fez, aos 60 minutos, o 3-1 para o Schalke tudo parecia perdido para o Sporting. Mas não era bem assim: Adrien marcou por duas vezes - uma de penálti - e o Sporting justificou, por inteiro, o 3-3 que se manteve até aos descontos.

Era um empate que sabia a vitória, mas o árbitro de baliza tinha outras ideias. Viu uma mão onde estava a cara de Jonathan Silva e chamou o juiz principal, que assinalou a grande penalidade. Indiferente a erros alheios Choupo-Moting fez o 4-3, que castigou o Sporting de uma forma bem injusta!