Idai

Sporting promove "recolha de bens" para Moçambique antes do dérbi

Sporting promove "recolha de bens" para Moçambique antes do dérbi

O jogo entre Sporting e Benfica, da segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal de futebol, promoverá a recolha de bens de primeira necessidade, para as vítimas do ciclone Idai, em Moçambique.

Na quarta-feira, a Fundação do Sporting pretende levar a cabo nova recolha de alimentos, com os adeptos a poderem deixar "enlatados de abertura fácil, bolachas, lixívia e sabonetes" na porta 1 do Pavilhão João Rocha, indicou hoje o Sporting.

O clube leonino "apela a solidariedade de todos", poucos dias depois de ter disputado o primeiro dérbi feminino da história com o Benfica e que permitiu angariar fundos para ajudar os afetados pela catástrofe natural.

O jogo entre Sporting e Benfica disputa-se a partir das 20.45 horas de quarta-feira, no Estádio José Alvalade.

O ciclone Idai atingiu a região centro de Moçambique, o Maláui e o Zimbabué a 14 de março.

O número de mortos provocados pelo ciclone e as cheias que se seguiram subiu para 598, anunciaram as autoridades moçambicanas.

O último balanço, apresentado pelo Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), acrescenta mais 80 vítimas mortais desde segunda-feira, altura em que foi dada como concluída (desde quinta-feira) a fase de salvamento e resgate.

Segundo o INGC, mantém-se o número de 1641 feridos.

O número de pessoas afetadas pelo ciclone Idai em Moçambique subiu, relativamente ao último balanço, de 843.723 para 967.014, o que corresponde hoje a 195.287 famílias.