Ciclismo

Sporting/ Tavira apresentou a equipa para a temporada 2019

Sporting/ Tavira apresentou a equipa para a temporada 2019

O Sporting/ Tavira fez na noite desta segunda-feira a apresentação da sua equipa profissional de ciclismo com vista à temporada 2019. A Volta ao Algarve começa na quarta-feira e é o primeiro objetivo de Tiago Machado, que este ano regressou a Portugal.

O "esquadrão verde-branco" dirigido por Vidal Fitas, cujo Cube de Ciclismo de Tavira completa este ano 40 anos, sendo a mais antiga equipa do Mundo nas estradas, deposita no corredor de Famalicão as suas expectativas para vencer a Volta a Portugal, pela quinta vez.

Além de Tiago Machado (ex-Katusha/ Alpecin), de 33 anos, a equipa algarvia-lisboeta contratou José Mendes (ex-Burgos/BH), também de 33 anos, e o jovem sprinter César Martingil (ex-Liberty Seguros/ Carglass), de 23 anos.

Profissional desde 2005, tendo corrido no Boavista durante cinco temporadas, Tiago Machado correu nove temporadas no estrangeiro tendo passado pela Radioshack de Lance Armstrong. Nas últimas cinco temporadas esteve sob o comando de José Azevedo da Katusha/Alpecin. Machado tem 17 vitórias na carreira profissional, iniciada em 2005, onde se destacam os títulos de Campeão Nacional de Fundo, em 2008, ano que ganhou o G.P. de Torres Vedras/ Troféu Joaquim Agostinho, e de Contrarrelógio, em 2009.

O vimaranense José Mendes, que foi Campeão Nacional de Fundo/ Estrada, em 2017, vem dos espanhóis da Burgos/ BH, e nos 10 anos como profissional conseguiu 3 vitórias, tendo corrido na Bora, equipa World Tour durante três temporadas.

Por seu turno, César Martingil, natural do Granho, Salvaterra de Magos, estreou-se este ano como profissional pela equipa Liberty Seguros/ Carglass e venceu o Circuito do Bombarral, sendo apontado como um mais promissores ciclistas portugueses.

Tiago Machado, José Mendes e César Martingil fazem parte do plantel 14 ciclistas. Continuam da época que terminou em outubro, Alexandre Marques, Alexander Grigorev, Álvaro Trueba, David Livramento, Frederico Figueiredo, Nicola Toffali, Rinaldo Nocetini, Valter Pereira, sendo promovidos três juniores do Sporting/Tavira/ Formação Engenheiro Brito da Mana, a saber: David Ribeiro, Ruben Simão e Ricardo Martins.

Entre outros, deixaram a equipa, Joni Brandão, que rumou à Efapel, que regressou a uma equipa do seu país e Fábio Silvestre, que coloca fim à carreira. O corredor de 28 anos, natural do Sobral de Monte Agraço, teve uma queda muito grave no início da temporada no decurso da La Tropicale Amissa Bongo, no Gabão, foi operado várias vezes ao joelho direito e não mais recuperou para o ciclismo.

A equipa do Sporting/ Tavira, entra em 2019 no quarto ano do protocolo que liga os dois clubes, e que face aos três novos ciclistas, apresenta-se com redobradas perspetivas de quebrar a hegemonia nos triunfos da Volta a Portugal da W52/FCPorto, que herdou o plantel e staff da OFM/ Quinta da Lixa, e que venceu as últimas seis edições da "Portuguesa".

O Tavira venceu quatro edições da Volta a Portugal (David Blanco-2008, 2009 e 2010 e Ricardo Mestre-2011), enquanto o Sporting venceu sete (José Albuquerque-1940, Francisco Inácio-1941, Joaquim Agostinho-1970, 1971 e 1972 e Marco Chagas-1985 e 1986), a derradeira pelo atual consultor da modalidade, Marco Chagas, no longínquo ano de 1986, há 32 anos.

Depois de ter corrido a Vuelta a San Juan, na Argentina e a Prova de Abertura, na Região de Aveiro, onde César Martingil foi segundo, a primeira prova por etapas de 2019 em Portugal é a Volta ao Algarve, que se realiza entre 20 e 24 de fevereiro. Tiago Machado é um dos candidatos à vitória, numa prova onde já alcançou dois pódios, tendo sido 3º em 2010 e 2015.