Futebol

Supertaça já está no museu do F. C. Porto

Supertaça já está no museu do F. C. Porto

O plantel do F. C. Porto esteve, esta quarta-feira, no Museu F. C. Porto para entregar a Supertaça conquistada, no passado sábado, frente ao Aves.

A equipa do F. C. Porto já entregou a 21.ª Supertaça da sua história, conquistada no sábado, com um triunfo por 3-1 frente ao Aves, ao museu do clube. Depois da cerimónia, realizada esta quarta-feira, Pinto da Costa realçou a conquista e alguns jogadores que fizeram parte da mesma.

"É a 21.ª Supertaça que conquistámos, mais que as conquistadas pelos outros clubes todos juntos, e é um motivo de grande satisfação. Foi um bom arranque de época, frente a um adversário valioso, porque o Desportivo das Aves não chegou à Supertaça por acaso, mas sim porque venceu a Taça de Portugal frente ao Sporting, com todo o mérito. Foi uma vitória que nos encheu a todos de alegria", disse Pinto da Costa.

O presidente do F. C. Porto fez questão de salientar a aposta em dois jovens oriundos da formação do clube portista. "Esta conquista teve um significado especial porque representou o lançamento de dois jovens: o Diogo Leite fez o primeiro jogo oficial pelo F. C. Porto, logo conquistando um troféu; o André Pereira a mesma coisa fez dos primeiros jogos e também conquistou o troféu. Espero que seja o primeiro de muitos para eles e para todo o grupo. Quero realçar também que os mais veteranos tiveram uma importância decisiva. O Iker Casillas e o Maxi Pereira deram contributos importantíssimos para esta vitória, o que vem demonstrar que o bilhete de identidade não conta. O que conta é a idade mental e sobretudo a identificação com o espírito do Dragão. Quando se conjuga a juventude com a experiência e todos com o mesmo espírito, com a mesma vontade, o resultado só pode ser este: mais uma taça para o Museu."

Destaque para a ausência de Moussa Marega, que tem treinado à parte do restante plantel.

ver mais vídeos