Futebol

Susto e João Félix marcam estreia de Bruno Lage no Benfica

Susto e João Félix marcam estreia de Bruno Lage no Benfica

O Benfica venceu (4-2) este domingo o Rio Ave, no Estádio da Luz, no primeiro jogo com Bruno Lage aos comandos. João Félix e Seferovic bisaram e selaram a reviravolta no marcador.

Numa semana marcada pela derrota em Portimão e pela saída de Rui Vitória, a instabilidade no seio encarnado prolongou-se até à primeira parte do encontro frente ao Rio Ave, também ele com uma estreia no comando técnico: Daniel Ramos. Avizinhava-se, aliás, uma estreia de sonho: no espaço de três minutos, a equipa de Vila do Conde marcou dois golos.

Primeiro, foi Gabrielzinho aos 17 minutos. No momento em que o Benfica estava a começar a pegar no jogo, o avançado aproveitou um cruzamento de Galeno e encostou para o fundo das redes de Vlachodimos. Aos 20, Matheus Reis assistiu Bruno Moreira que, de cabeça, aumentou a vantagem dos vila-condenses.

O Benfica tentou responder e, aos 27 minutos, chegou ao golo. Grimaldo cruzou de primeira e João Félix, inteligente, simulou, deixando a bola chegar a Seferovic, que se desfez do central com um toque de classe e bateu Léo Jardim com calma. Quatro minutos depois, foi a vez de João Félix faturar. Seferovic investiu pela direita e aguentou tudo. Teve sorte no ressalto na área, perante três adversários, e cruzou para a entrada da pequena área, onde João Félix surgiu sozinho e fuzilou a baliza do Rio Ave.

Na segunda metade, o Rio Ave entrou melhor e começou a ameaçar a baliza de Vlachodimos. Lage lançou Zivkovic e o sérvio, logo no primeiro lance, assistiu para golo. O camisola 17 das águias cruzou tenso para a pequena área, onde aparece João Félix a desviar do guarda-redes e a bisar, pela primeira vez, ao serviço da equipa principal encarnada.

Ao minuto 70, Seferovic também bisou. O Rio Ave esteve muito perto de empatar em dois cruzamentos muito perigosos que deixaram a defesa em apuros. A bola não entrou e seguiu-se um contra-ataque rápido do Benfica, com Pizzi a isolar Seferovic. O suíço não desperdiçou. A última reviravolta com 2 golos de desvantagem em casa aconteceu a 12 janeiro de 2002, frente ao Varzim, encontro que os encarnados acabaram por vencer por 3-2.

ver mais vídeos