Reportagem

Taças de campeão no Dragão e Hermínio assobiado

Taças de campeão no Dragão e Hermínio assobiado

Hermínio Loureiro cumpriu a promessa e foi ao Estádio do Dragão entregar as taças de campeão nacional ao F. C. Porto, referentes às duas últimas épocas.

O presidente da Liga de Clubes fez-se acompanhar por Andreia Couto, directora executiva do organismo e, apesar da forma célere como os dois dirigentes passaram pelo relvado portista, não se livraram de ouvir uma enorme assobiadela do público presente.

Já as três equipas estavam alinhadas, antes do início do jogo, quando o presidente da Liga entrou rapidamente no relvado, tendo de imediato escutado numa grande vaia. Os assobios continuaram a fazer-se sentir durante a cerimónia, que foi muito rápida. Hermínio Loureiro entregou um troféu a Lucho González, enquanto Andreia Couto entregou o outro a Bruno Alves, ou seja, aos dois capitães portistas presentes.

Com a mesma rapidez com que entraram no relvado, os dirigentes também saíram, sempre perante os protestos dos adeptos portistas. Uma das claques do F. C. Porto, os SuperDragões, exibiu uma tarja preparada para a ocasião, visando o líder da Liga: "Hermínio só tens uma solução... pedir a demissão".

A verdade é que os portistas lá conseguiram juntar mais duas taças à sua sala de troféus, depois de largo tempo de espera.

O F. C. Porto chegou, inclusivamente, a escrever ao Governo, a pedir ajuda para receber as taças. Ontem, como que em jeito de folar pascal, os títulos chegaram, enfim, ao Dragão.