Desporto

Ténis: US Open - Rui Machado faz história ao qualificar-se para a segunda ronda

Ténis: US Open - Rui Machado faz história ao qualificar-se para a segunda ronda

Nova Iorque, 27 Ago (Lusa) - O tenista português Rui Machado qualificou-se hoje pela primeira vez para a segunda eliminatória de uma prova do Grand Slam, ao bater o sul-africano Rik De Voest na ronda inaugural do US Open, em Flushing Meadows (Nova Iorque).

Rui Machado necessitou de apenas três parciais para fazer história, ao bater De Voest por 6-4, 7-6 (9-7) e 6-1, igualando a proeza dos ex-tenistas Nuno Marques e João Cunha e Silva, seu treinador actual e de Frederico Gil, que foi eliminado horas antes.

João Cunha e Silva, que se apurou para a segunda ronda de um Grand Slam em 1993, e Nuno Marques, que conseguiu a qualificação duas vezes, em 1991 e 1995, recebem a companhia no restrito "clube" de Rui Machado, o terceiro tenista luso a conseguir o feito.

Ainda na terça-feira, Frederico Gil tinha sido eliminado pelo francês Jeremy Chardy pela terceira vez esta época, depois de já ter baqueado nas rondas inaugurais do Open da Austrália e de Roland Garros (França).

Frederico Gil venceu o primeiro "set" com o parcial de 6-3, mas não conseguiu evitar que Jeremy Chardy fechasse o encontro a seu favor, ao ganhar os três "sets" seguintes, por 6-3, 6-2 e 6-3.

O francês Richard Gasquet, 12º pré-designado, foi a grande baixa do dia, ao cair ante o alemão Tommy Haas, após um longo embate de cinco "sets", por 6-7 (3-7), 6-4, 5-7, 7-5 e 6-2, ao contrário do chileno Fernando Gonzalez, 11º favorito, que bateu o espanhol Ivan Navarro.

A sérvia Ana Ivanovic, primeira cabeça de série e líder do "ranking" mundial, necessitou terça-feira de uma longa "batalha" ante a russa Vera Dushevina para ultrapassar a primeira eliminatória do quarto e último Grand Slam da temporada.

Ivanovic necessitou de duas horas para quebrar a resistência de Dushevina, muito por culpa de um número invulgarmente elevado de erros directos (40), acabando por se impor por 6-1, 4-6 e 6-4.

A norte-americana Venus Williams, quarta pré-designada, não enfrentou tanta oposição por parte da ucraniana Kateryna Bondarenko, apurando-se para a segunda ronda com os parciais de 6-1 e 6-3.

RPC.

Lusa/fim

ver mais vídeos