Ataque ao Mercado

Trapp, a namorada e os sotaques tripeiros. Ruben e o apelo de Espírito Santo

Trapp, a namorada e os sotaques tripeiros. Ruben e o apelo de Espírito Santo

Kevin Trapp ainda na rota do Dragão. O jornal francês "L'Équipe" insiste que o guarda-redes quer sair para o F.C. Porto, pela sedução da Champions, por falar Português e porque a namorada é brasileira e também vê com bons olhos a pátria de Camões. Outra comunidade lusófona pode estar para crescer. Segundo a imprensa inglesa, o Wolverhampton e Espírito Santo aliciam Rúben Dias e André Silva e o Manchester United prepara-se para nova investida por Bruno Fernandes.

F.C. Porto - "Cherchez la femme"! Em tradução livre, "Procurem a mulher!" A tirada de Dumas adotada pelos investigadores policiais poderá ser também a chave para um dos casos de resolução mais difícil, o da sucessão de Iker Casillas na baliza do F.C. Porto. Sucedem-se os nomes e volta à baila o de Kevin Trapp. O jornal "L'Équipe" diz que o guarda-redes alemão quer sair do PSG e ir para o Porto, pela irresistível tentação da Champions, porque fala Português e porque a namorada, a modelo brasileira Izabel Goulart, está muito inclinada pelos sotaques tripeiros. Problemas: o treinador do PSG, Thomas Tuchel, diz que quer ensaiar Trapp na digressão asiática em curso; e o guarda-redes ganha perto de 400 mil euros brutos em Paris, vencimento incomportável para a bolsa dos dragões. É esperar para ver.

Benfica - Rúben Dias tem contrato até junho de 2023 e cláusula de rescisão de 66 milhões de euros. O Benfica quer renovar o vínculo e estará a seduzir o jogador com um salário anual líquido de 2,5 milhões de euros. Em contrapartida, o clube da Luz fixará a multa de rescisão em 88 milhões de euros, para se prevenir da cobiça alheia. Nada que impeça os avanços do Wolverhampton e de Nuno Espírito de Santo: segundo o jornal "Express & Star", o clube das West Midlands estará pronto para avançar com uma proposta milionária para a transferência do defesa central. Sempre segundo a imprensa inglesa, a comunidade portuguesa do Molineux Stadium ainda poderá ter mais um patrício, o atacante André Silva, que terá chumbado nos testes médicos do Mónaco mas que o Milan ainda se prontifica a negociar.

Sporting - Se Frederico Varandas, presidente do Sporting, resiste e diz que não vende Bruno Fernandes a qualquer preço, o Manchester United parece ter ouvido o recado e estará para avançar com uma proposta pelo jogador que tem uma cláusula de rescisão de 100 milhões de euros. Segundo o "Manchester Evening News", o clube de Old Trafford prepara-se para apresentar uma proposta de 66 milhões de libras, qualquer coisa como 72 milhões de euros, mais cinco milhões por objetivos. A proposta inglesa ainda alicia o jogador com cinco épocas de contrato e salário anual de seis milhões. No Sporting, Bruno vence 1,3 milhões por ano.

Real Madrid - Para lá de Vilar Formoso, uma das notícias do dia chega de Madrid: a BBC diz que o Real Madrid cancelou o negócio com o Jiangsu Suning, clube que estava disposto a pagar cerca de um milhão por semana ao extremo de 30 anos. O futuro de Gareth Bale poderá passar, afinal, pelo Santiago Bernabéu. O galês tem contrato com os "merengues" até 2022.

Milan - O clube italiano procura colocação para André Silva e já terá pedido ao empresário Jorge Mendes que encontre novo clube para o jogador, já apontado ao Wolverhampton. Ao San Siro, entretanto, está para chegar outro atacante português: segundo a "Gazzetta dello Sport", Rafael Leão, de 20 anos, é esperado esta segunda-feira em Milão, a fim de realizar os exames médicos e testes físicos indispensáveis à assinatura de contrato. Segundo a mesma fonte, o Milan deverá pagar 35 milhões pelo atacante do Lille, além da oferta do passe de Tiago Djaló, defesa central de 19 anos.

Liverpool - Outra vez em Inglaterra: o Liverpool anunciou este domingo a contratação do jogador mais jovem a estrear-se na Premier League, o avançado Harvey Elliott. O jogador de 16 anos, que representava o Fulham, estreou-se na Premier League a 4 de maio último. Elliott, que fez a estreia profissional com 15 anos, era apontado como alvo do Real Madrid, do Paris Saint-Germain, do Arsenal e do Manchester City.