Segurança

Três detidos antes do início do Benfica - F. C. Porto

Três detidos antes do início do Benfica - F. C. Porto

A operação da Polícia de Segurança Pública (PSP) para o jogo entre Benfica e F. C. Porto, da 30.ª jornada da I Liga de futebol, registou até ao apito inicial três detidos por posse e deflagração de artefactos pirotécnicos.

"Os únicos incidentes que temos a referir são a deflagração de artefactos pirotécnicos e neste momento a detenção de três indivíduos por posse e deflagração de artefactos pirotécnicos. Esses três adeptos estão detidos na esquadra policial no interior do complexo desportivo. Amanhã serão presentes à autoridade judiciária", afirmou o comissário da PSP Sérgio Soares.

Segundo este responsável, o dispositivo de segurança de acompanhamento e entrada dos adeptos do F. C. Porto no Estádio da Luz foi "um sucesso", tendo decorrido "sem quaisquer incidentes". O último grupo dos cerca de 3400 adeptos dos dragões entrou para o interior do recinto pelas 17.53 horas, ou seja, sete minutos antes do pontapé de saída.

"Acompanhámos 26 autocarros desde a cidade do Porto com polícias do Comando Metropolitano da PSP do Porto. Depois, a partir das portagens de Alverca estava já o dispositivo da PSP de Lisboa para acompanhar esses autocarros até à avenida Condes de Carnide, o local de parqueamento", explicou.

O comissário da PSP referiu ainda que a entrada dos últimos adeptos portistas já muito perto do início do encontro era algo que estava previsto na operação.

"A revista é morosa e é feita pelos assistentes de recintos desportivos sob a nossa supervisão. O nosso intuito inicial era que o último adepto do F. C. Porto estivesse dentro do recinto aquando do apito inicial e conseguimos que isso acontecesse. Foi um objetivo também cumprido", concluiu.

ver mais vídeos