Desporto

UEFA vai incluir testes sanguíneos nos controlos de antidopagem

UEFA vai incluir testes sanguíneos nos controlos de antidopagem

A UEFA vai incluir na próxima época a realização de testes sanguíneos nos controlos antidopagem protocolares, anunciou esta quinta-feira o secretário-geral do organismo que regula o futebol europeu, Gianni Infantino.

"Nós queremos fazer tudo o que está ao nosso alcance para se praticar um desporto limpo. Tivemos bons resultados com experiências com testes sanguíneos entre 2008 e 2012 (durante os Europeus) e pensamos que agora é um bom momento para os introduzirmos", explicou Gianni Infantino durante uma conferência de imprensa em Londres.

O secretário-geral afirmou que a UEFA teve o apoio de vários especialistas médicos nesta decisão, já que muitos deles consideram que os atuais testes de urina utilizados nos controlos de antidopagem são insuficientes e pouco eficazes.

A UEFA anunciou ainda que vai realizar um estudo a cerca de 900 amostras recolhidas a futebolistas desde 2008, para procurar a utilização de esteroides. As amostras que serão analisadas são anónimas e não poderão, por isso, levar à aplicação de sanções aos jogadores.