Desporto

"Vamos lutar até ao limite"

"Vamos lutar até ao limite"

O treinador do F. C. Porto, Jesualdo Ferreira, admitiu que o triunfo, de ontem, sobre o Estrela da Amadora foi "importante" em vésperas do duelo da Liga dos Campeões com o Manchester United e deixou uma garantia aos adeptos: "Vamos lutar até ao limite".

"A primeira meia-hora não foi boa, mas é natural que tenha acontecido. Depois, a equipa melhorou muito, aumentou o ritmo e julgo que fizemos uma boa segunda parte. Agora, sim, vamos pensar no Manchester". A análise de Jesualdo Ferreira ao duelo com os amadorenses demonstra bem que o dragão tem mais do que um objectivo. Além de revalidar o título nacional, o F. C. Porto está em acção na Taça de Portugal e, claro, na Champions, prova na qual procura, quarta-feira, o apuramento para as meias-finais.

Uma coisa é certa: "Todas as vitórias são importantes. Temos quatro vitórias consecutivas na Liga e este triunfo dá mais confiança como qualquer outro. Tenho muita confiança nesta equipa e nestes jogadores. Os adeptos podem estar seguros que vamos lutar até ao limite para conseguirmos os nossos objectivos", garantiu o técnico.

O triunfo permitiu, ainda, alargar a vantagem em relação ao Benfica para oito pontos, mas Jesualdo Ferreira preferiu não se alongar em comentários sobre o rival. "O F. C. Porto é candidato ao título, porque está em primeiro. Em relação aos outros candidatos, cada um pode ter a sua opinião. Temos seis jogos para fazer e seis vitórias para sermos campeões".

"Acho que o 3-0 é um resultado exagerado para o que o Estrela fez", afirmou Lázaro Oliveira, com o treinador do Estrela a optar por olhar em frente, apesar das dificuldades financeiras: "Temos de esquecer este jogo e pensar no seguinte. Todos sabem as dificuldades que atravessamos e ninguém pode acusar estes atletas de falta de brio profissional. Acredito que os ordenados possam ser pagos".

O antigo defesa-direito do F. C. Porto e actual jogador do Chelsea, Bosingwa, voltou ontem ao Dragão para ver o duelo com o Estrela da Amadora, seguindo o encontro da tribuna de honra.