Futebol

Vítor Pereira salienta subida de qualidade na arbitragem

Vítor Pereira salienta subida de qualidade na arbitragem

Vítor Pereira reconheceu duas decisões erradas em 17 lances que a Comissão de Arbitragem mostrou ontem, na segunda sessão de esclarecimento sobre decisões de arbitragem até à 10ª jornada da Liga.

O golo mal validado a Simon Vukcevic no encontro de ontem, segunda-feira, entre Sporting e V. Guimarães, e o lance no recente F. C. Porto - V. Guimarães, em que Milhazes coloca mão na bola, a qual acabou por não ser assinalada.

O presidente da Comissão de Arbitragem registou uma melhoria na análise dos lances de fora de jogo, muito por causa da formação que os árbitros tiveram sobre a matéria à sexta jornada, além de uma maior eficácia na punição de entradas violentas e grosseiras e de uma maior clarividência na decisão de situações de bola na mão e mão na bola.

O líder dos árbitros pronunciou-se igualmente sobre o lance em que os portistas reclamaram mão na área por parte de um defensor vimaranense e que, posteriormente, André Vilas-Boas haveria de reconhecer não haver qualquer razão de queixa.

As queixas surgiram, ainda assim, no final da partida, mas a posterior retracção foi do agrado dos árbitros: "Vi com bons olhos. A rectificação surgiu porque entenderam que não tinham visto bem quando disseram que não tinha sido a mais correcta e porque não tinham a consciência tranquila por não terem feito a melhor análise e, desse ponto de vista, foi uma acção que  nos caiu bem", sintetizou.

O responsável pela arbitragem em Portugal não prometeu que as sessões de análise pública de lances de alguma forma polémicos sejam para continuar nas fases mais problemáticas das competições - o próximo terço do campeonato -, mas deu como "muito provável" uma próxima sessão à 15ª jornada.

"Estes encontros visam aumentar a comunicação com os clubes e o adepto em geral. Queremos que se saiba qual a nossa opinião e o porquê das decisões. Para que se entenda melhor o espectáculo. Não são sessões para analisar nem árbitros nem clubes, mas sim lances interessantes para os adeptos e para comunicar com os clubes".

Nota final para o facto de nenhum lance do clássico do passado fim-de-semana ter sido alvo de análise.