Futebol

Ir ao Mundial vale 500 mil euros à seleção da Macedónia do Norte

Ir ao Mundial vale 500 mil euros à seleção da Macedónia do Norte

O prémio chorudo é promessa do Governo do país, que foi ao avião desejar boa sorte antes de a comitiva viajar com destino ao Porto.

A Macedónia do Norte está a um jogo de se qualificar pela primeira vez para a fase final de um Campeonato do Mundo e a expectativa de um feito único na história do futebol do país levou o primeiro-ministro Dimitar Kovacevski a acicatar ainda mais o entusiasmo dos futebolistas.

Depois de eliminar a Itália, a Macedónia do Norte precisa de ganhar a Portugal para garantir a presença no Catar, algo que, a suceder, resultará num prémio bem simpático para a equipa.

"O que vocês fizeram é resultado de muito trabalho. Foi decidido pelo Governo que vocês terão um prémio de 500 mil euros caso se qualifiquem para o Mundial. Boa sorte", disse Dimitar Kovacevski, no curto encontro que teve com toda a comitiva, em pleno avião que transportou a Macedónia do Norte para o Porto.

Artan Grubi, vice-primeiro-ministro e outros membros do governo macedónio também fizeram questão de levar boas energias à equipa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG