O Jogo ao Vivo

Prejuízos

Itália quer multar quem vir jogos de futebol em transmissões pirata

Itália quer multar quem vir jogos de futebol em transmissões pirata

Liga de futebol perdeu 200 milhões de euros por causa da transmissão televisiva ilegal dos jogos. Já foram encerrados servidores em Itália e no estrangeiro. O objetivo também é sancionar o utilizador comum.

O fecho dos estádios de futebol ao público, por causa da pandemia da covid-19, faz aumentar o número telespectadores ilegais e isso constitui um problema para a Liga italiana. As transmissões pirateadas dos jogos têm crescido consideravelmente, através de plataformas streaming, e constituem um prejuízo avultado de 200 milhões de euros por temporada, segundo uma estimativa feita pelo jornal italiano "Gazzetta dello Sport".

Por isso, Itália quer punir severamente quem aceda às plataformas ilegais para assistir aos jogos de futebol. A Liga e a Guardia di Finanza fizeram uma investigação às ofertas de conteúdo pirateado, constatando quatro mil propostas nas últimas duas temporadas. A ação foi severa: cerca de 130 servidores acabaram encerrados em Itália e 280 no exterior.

Luigi De Siervo, presidente executivo da Liga, garantiu que "foram bloqueados mais de 2.200 endereços de IP" para impedir a transmissão ilegal dos jogos de futebol. "Se nas outras ligas europeias o bloqueio de servidores ocorre apenas durante o jogo, o nosso país é o único em que é possível ativar bloqueios permanentes contra os principais servidores e todas as variações que lhes são atribuídas", adiantou, explicando: "Já não se trata de mais uma simples pirataria, mas de um crime cibernético, uma praga que tem vindo a aumentar nos últimos anos. Desta forma, o futebol atua para proteger toda a economia italiana".

O Governo italiano estuda a possibilidade de identificar os utilizadores dos serviços de pirataria, que violaram a proteção de direitos de autor, e, com base na legislação, incorrem em penas de seis meses a três anos de prisão e multas de 2.582 euros a 25.822 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG