Famalicão

Ivo Vieira: "Na primeira parte não existimos"

Ivo Vieira: "Na primeira parte não existimos"

O técnico do Famalicão lamentou a má primeira parte dos minhotos diante do F. C. Porto e garantiu que, enquanto treinador, vai "sempre privilegiar a qualidade de jogo".

"Acho que na primeira parte não existimos. Nos primeiros 15 minutos, entregámos o jogo ao F. C. Porto, limitámo-nos a defender. Depois, equilibrámos o jogo, mas foi muito pouco para o que a equipa tem de produzir. Na segunda parte conseguimos melhorar, sem muita qualidade, mas hoje conseguimos dar sinais daquilo que podemos fazer no futuro", começou por dizer Ivo Vieira, analisando ainda o golo anulado ao Famalicão já nos descontos.

"Os jogadores têm de seguir a minha ideia. Umas vezes não se consegue, por mérito do adversário, mas sou um treinador que vou privilegiar sempre a qualidade do jogo. É assim que vamos crescer. Frustração pelo golo anulado? Há uma situação que temos de perceber. Os jogadores vivem com adrenalina e esses momentos são normais. A verdade é que a bola entrou, mas depois o VAR invalidou, mas as pessoas têm de perceber o comportamento dos jogadores e dos treinadores no campo. São momentos normais no futebol", concluiu.

O F. C. Porto venceu (2-1), este domingo, no Minho, o Famalicão na segunda jornada da Liga. Toni Martínez bisou e pediu desculpa por faturar diante da ex-equipa. Os minhotos reduziram por Riccieli.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG