Desporto

Ivo Vieira resignado com derrota e eliminação do Nacional

Ivo Vieira resignado com derrota e eliminação do Nacional

O treinador do Nacional mostrou-se resignado com a derrota (3-0) frente ao Birmingham, afirmando que o poder físico e o jogo aéreo dos ingleses foram determinantes para definir o vencedor

Após o encontro da segunda mão do "playoff" da Liga Europa de futebol, Ivo Vieira, adiantou ao site do clube que gostou da forma como a equipa abordou o jogo, mas adiantou que os dois primeiros golos deitaram por terra a estratégia da equipa.

"Julgo que a equipa nos primeiros 15 minutos, antes de sofrer o golo, abordou bem o jogo dentro da nossa linha de pensamento, daquilo que é o futebol e criou oportunidades mas não as concretizou. O Birmingham, na primeira que teve uma oportunidade fez golo. Tentámos ainda a reviravolta mas o segundo golo foi uma infelicidade nossa e a equipa sentiu isso", explicou.

"Depois foi mais correr o risco e por isso o resultado apresenta estes números", lamentou o técnico, que considerou o Birmingham, da II Divisão inglesa, conjunto muito forte.

"Sofrer um golo abana sempre uma equipa, mas julgo que não foi o caso. Sofremos o primeiro golo e reagimos muito bem, criámos algumas situações de envolvimento ofensivo, mas não conseguimos marcar", observou.

O jogo aéreo e o poder físico dos ingleses também foi abordado por Ivo Vieira.

"Defrontámos uma equipa forte, poderosa no jogo aéreo e em termos físicos que conseguiu ser melhor que o Nacional. Na segunda parte não havia nada a perder e aí a equipa ficou desequilibrada. Depois o terceiro golo acabou por 'matar' a partida mas aí o jogo já estava partido", rematou.