Desporto

Jackson devolve sorriso ao Dragão

Jackson devolve sorriso ao Dragão

Depois de duas derrotas consecutivas, na Taça e na Liga dos Campeões, o F. C. Porto voltou aos triunfos, batendo, por 1-0, o Moreirense, em jogo da 11.ª jornada da Liga. A equipa de Vítor Pereira isolou-se no comando do campeonato e pode aguardar, descansada, pelo desfecho do dérbi lisboeta entre o Sporting e o Benfica, na segunda-feira.

Na estreia do novo relvado do Estádio do Dragão, o F. C. Porto criou perigo logo no primeiro minuto, com James a isolar Jackson, mas o avançado colombiano perdeu ângulo e o remate, cruzado, saiu ao lado.

Num jogo quase de sentido único, o ponta-de-lança voltou a mostrar pouca pontaria perto da meia hora, atirando por cima à entrada da pequena área, após cruzamento de Varela. Seguiu-se uma "bomba" de João Moutinho, que Ricardo Ribeiro desviou por cima da baliza.

A segunda parte trouxe Kelvin para o lugar do lesionado Lucho González e, aos 50 minutos, os adeptos portistas quase gritavam golo. O remate de James parecia destinado a acabar no fundo das redes, mas bateu num defesa do Moreirense e saiu por cima.

Aos 65 minutos a equipa visitante conseguiu, finalmente, causar alguns calafrios ao F. C. Porto, num centro da direita que quase resultava em autogolo de Otamendi. Valeu a atenção de Helton. Na resposta, James atirou para nova defesa de Ricardo Ribeiro.

E foi na sequência de um canto, aos 71 minutos, que o F. C. Porto chegou ao golo, com Jackson a saltar mais alto do que a concorrência e a cabecear para o 1-0. Foi o 10.º golo do colombiano na Liga. Estava garantida a vitória portista, magra para tanto caudal ofensivo e tantas oportunidades desperdiçadas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG