Futebol feminino

Jéssica Silva sobre casos de assédio: "Jamais podemos ficar caladas"

Jéssica Silva sobre casos de assédio: "Jamais podemos ficar caladas"

A jogadora do Benfica Jéssica Silva deixou, esta sexta-feira, uma mensagem nas redes sociais em solidariedade com as atletas que acusam o treinador Miguel Afonso de assédio sexual.

A futebolista Jéssica Silva, do Benfica, emitiu uma mensagem de solidariedade para com as jogadoras que acusam o treinador Miguel Afonso de assédio sexual, quando este orientava o Rio Ave, em 2020/21.

PUB

"Não estraguem o nosso sonho. Ser futebolista e fazer parte da gigante evolução do futebol feminino é um orgulho! É mesmo! E o assédio sexual é condenável de forma transversal. Tendo em conta estas últimas notícias, não poderia deixar de destacar a minha solidariedade com todas estas futebolistas. Jamais podemos ficar caladas", defende a jogadora.

E acrescenta: "se não nos pronunciarmos sobre este assunto, sabendo e tendo conhecimento dos factos, também estamos a fazer parte desta triste história e a aumentar a probabilidade de que isto se repita no futuro. Peço, acima de tudo, que não estraguem o nosso sonho. O desporto feminino, em especial o futebol, está a crescer exponencialmente e estes casos são absolutamente reprováveis. Vergonhosos. Coragem para todas as que viveram algo assim. E não se esqueçam: não estão sozinhas", escreveu.

Na quinta-feira, futebolistas que alinharam no Rio Ave em 2020/21 denunciaram ações de assédio sexual por parte do então treinador da equipa feminina do clube de Vila do Conde, Miguel Afonso. Já esta sexta-feira, várias jogadoras treinadas por Miguel Afonso formalizaram, através do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), queixas por assédio sexual na Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e na Polícia Judiciária (PJ), segundo confirmou à Lusa fonte sindical.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG