Futebol

"Jesus deu-nos um raspanete muito grande na final da Libertadores"

"Jesus deu-nos um raspanete muito grande na final da Libertadores"

Rodrigo Caio, defesa do Flamengo, recordou a final da Libertadores e destacou a importância de Jorge Jesus na caminhada de sucesso da época passada.

Em entrevista ao canal de televisão do Flamengo, Rodrigo Caio elegeu o jogo mais difícil daquela que se revelou uma temporada de sonho. "Sem dúvidas foi a final da Libertadores. Acho que foi o jogo em que fomos testados. Não esperávamos a forma como o River veio. Claro que a final do Mundial foi muito difícil, mas eu ainda escolho o jogo contra o River, por todas as circunstâncias. Foi uma equipa que conseguiu, de alguma forma, parar-nos", disse o jogador, antes de falar sobre a reação de Jorge Jesus, ao intervalo, quando a equipa perdia por um golo de diferença. "O mister deu-nos um raspanete muito grande. As palavras do Diego também foram importantes. Depois, o grupo conversou entre si, olhámos nos olhos uns dos outros e as coisas melhoraram".

O defesa aproveitou ainda para elogiar a atitude do técnico português. "Foi muito importante a chegada dele. Tive um crescimento tático muito grande, aprendi muito e vi o quanto faz a diferença. Por ter tido a formação inteira no Brasil, acabo por ter uma forma de jogar. O mister acrescenta muito para todos nós", concluiu.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG