Exclusivo

Jesus sai a bem com o presidente e a mal com os jogadores

Jesus sai a bem com o presidente e a mal com os jogadores

Treinador considera que a relação com o presidente foi boa, mas nunca sentiu apoio da estrutura. Saída acordada por telefone. Rafa e André Almeida tomaram o partido de Pizzi.

Um ano e meio depois de ter chegado às águias, Jorge Jesus e a SAD colocaram um ponto final na ligação, formalizando a saída numa conferência de imprensa sem direito a perguntas. Ao que o JN apurou, o técnico sai do Benfica com a sensação de ter tido uma relação boa e sincera com o presidente Rui Costa, mas mal impressionado com o comportamento de dirigentes e parte da estrutura do futebol, dos quais nunca sentiu um verdadeiro apoio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG