Ciclismo

João Almeida, a mais recente estrela do desporto nacional que dá cartas em Itália

João Almeida, a mais recente estrela do desporto nacional que dá cartas em Itália

É português o novo líder da Volta a Itália. Esta segunda-feira, João Almeida escreveu mais um capítulo, e daqueles bem bonitos, na história do desporto nacional.

João Almeida tem 22 anos e nasceu nas Caldas da Rainha. Tal como muitos jovens, o percurso no desporto começou na natação e, claro, no futebol. Só que depois conheceu o ciclismo e nunca mais o largou. Começou tarde para o que é habitual e para quem quer continuar na modalidade de forma profissional, primeiro no BTT, depois na estrada. Mas tal pormenor não o impediu de fazer história com apenas 22 anos e repetir um feito de há 31 anos.

O ciclista já tinha "ameaçado" que teria uma palavra a dizer em Itália logo na primeira etapa do Giro. O corredor da Deceuninck-Quick Step, que foi segundo no prémio da juventude da Volta ao Algarve, que terminou a Volta a Burgos no terceiro lugar da geral individual e dos pontos e que ganhou o prémio da juventude no Tour de L"Ain, chegou a liderar o contrarrelógio. Acabou por ficar apenas atrás de Filippo Ganna, campeão mundial da especialidade.

Esta segunda-feira, veio a consagração. João Almeida voltou a levar Portugal ao lugar mais alto, depois de terminar os 150 quilómetros da terceira etapa percorridos à volta do Etna no 11.º lugar, e o mundo voltou a ver um português a vestir a camisola rosa. A última vez foi em 1989, com Acácio da Silva, depois de ter vencido a segunda etapa da prova precisamente no Etna, na altura com 28 anos. João tem 22. E já conseguiu um tão grande feito só na primeira experiência numa grande Volta.

Outras Notícias