O Jogo ao Vivo

Ciclismo

João Almeida termina Volta a Itália em sexto lugar

João Almeida termina Volta a Itália em sexto lugar

O português (Deceuninck-QuickStep) terminou, este domingo, a Volta a Itália em sexto lugar. O colombiano Egan Bernal (INEOS) foi o grande vencedor da 104.ª edição do Giro, com o italiano Filippo Ganna (INEOS) a vencer a última etapa.

João Almeida não conseguiu, ao contrário do ano passado, vestir a camisola rosa. Também não foi desta que venceu uma etapa na Volta a Itália mas a excelente recuperação com que se despediu do Giro só prova que, com apenas 22 anos, o ciclista português é um caso sério que promete fazer história.

Depois do quarto lugar conquistado na edição passada da Volta a Itália e de ter vestido a camisola rosa durante 15 dias, João Almeida começou o Giro de uma forma prometedora, com um grande contrarrelógio que valeu um quarto lugar na geral, mas as coisas não foram correndo tão bem com o passar das etapas.

Desde uma tirada falhada na chegada a Sestola à Deceuninck Quick-Step a trabalhar Remco Evenepoel, que passou a líder, João Almeida terminou a primeira semana em 42.º lugar, a 5.38 do líder, Egan Bernal. Na segunda semana conseguiu subir a 14.º mas foi mesmo nos últimos dias que protagonizou uma recuperação incrível, que lhe permitiu terminar a Volta a Itália com grande nível.

Já sem Evenepoel, que acabou por desistir, Almeida conseguiu um sexto lugar em Cortina d"Ampezzo, chegar a segundo em Sega di Ala, ser segundo classificado em Alpe di Mera e quinto em Valle Spluga-Alpe Motta. O português conseguiu diminuir distâncias para alguns dos adversários diretos e chegou à última etapa ainda a sonhar com um possível top-5.

Na 21.ª e última etapa, João Almeida completou o contrarrelógio de 30,3 quilómetros entre Senago e Milão a 27 segundos do vencedor, o italiano Filippo Ganna (INEOS), que precisou de 33.48 minutos. O português da Deceuninck-QuickStep acabou o Giro em sexto lugar, a 53 milésimos do quinto, na consagração de Bernal.

O colombiano, de 24 anos, juntou o Giro à vitória na Volta a França de 2019, após ter conseguido também dois triunfos em etapa nesta 104.ª edição. O italiano Damiano Caruso (Bahrain-Victorious) acabou em segundo, a 1.29 minutos, enquanto o britânico Simon Yates (BikeExchange) fechou o pódio, a 4.15.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG