Desporto

João Paiva dos Santos garante três investidores para o Sporting

João Paiva dos Santos garante três investidores para o Sporting

É o terceiro candidato oficial na corrida à presidência do Sporting e o primeiro a admitir frontalmente que os leões têm de alienar a maioria do capital na SAD. Para isso, João Pedro Paiva dos Santos - empresário, de 39 anos -, candidato que encabeça o movimento O Novo Sporting, garantiu, ontem, na apresentação da sua candidatura, já ter investidores.

"A alienação do capital social da SAD, com a quase certa perda de maioria, pode e deve ser feita. Para tal, temos três investidores e um está disponível para avançar com verbas que cubram as necessidades imediatas de tesouraria", afirmou, na leitura de um comunicado e sem direito a perguntas.

O candidato anunciou, ainda no plano financeiro, que defende a criação de um corpo de gestão "contratado, isento e profissional", mas nunca um presidente remunerado.

No campo do futebol, o candidato destacou "a criação de um teto salarial para os jogadores, a contratação de um ex-árbitro para a estrutura e a adoção de um modelo tático igual desde a formação à equipa principal".

Paiva dos Santos não avançou os nomes de quem o irá acompanhar, nem foi visível na apresentação, no meio de uma sala com pouca gente, qualquer figura conhecida do universo leonino, o que pode ser interpretado como uma candidatura de rutura.

"As listas estão em processo de formação e em constante evolução", afirmou, esclarecendo que, na próxima semana, será conhecido o elenco, sublinhando pretender também a introdução da figura do referendo, operando, para tal, mudanças nos Estatutos. v

Paiva dos Santos

Empresário

"Quem quiser protagonismo terá outras listas em que se pode rever".

"Estas eleições não podem prometer contratações sonantes".

Outras Notícias