Famalicão

João Pedro Sousa e a confusão após o jogo: "Sinto-me envergonhado"

João Pedro Sousa e a confusão após o jogo: "Sinto-me envergonhado"

O treinador do Famalicão abordou a confusão após o apito final do jogo frente ao Sporting, afirmando que os jogadores "têm de ter juízo".

"Quando dizem que este tipo de situações são normais no futebol, eu não concordo. A educação das pessoas tem de ser sempre a mesma, seja no futebol ou noutra atividade. Os jogadores têm que ter juízo, os treinadores têm que ter muito juízo e os dirigentes têm que ter muito, muito juízo. Eu, como estou na indústria, sinto vergonha do que se passou. Se queremos vender um produto como o futebol, temos que vender às famílias, às televisões, ao estrangeiro. Não podemos fazer coisas como a que fizemos hoje. Peço desculpa às pessoas porque de facto é lamentável e sinto-me envergonhado por aquilo que aconteceu", começou por dizer.

Sobre o jogo, João Pedro Sousa vincou que o Sporting "dominou o jogo" e destacou o orgulho que tem no plantel ressalvando, no entanto, que há aspetos a melhorar.

"Foi um jogo extremamente complicado para nós, fomos obrigados a defender. Claramente, o Sporting dominou o jogo. A nossa maior virtude foi a forma como defendemos. Precisamos de trabalhar, sabemos os problemas que temos. As coisas não se vão resolver numa semana nem em duas. Temos uma equipa muito jovem. Tenho um orgulho muito grande na minha equipa, são jogadores com muita qualidade e que vão ser reconhecidos", concluiu.

Famalicão e Sporting empataram (2-2), este sábado no Minho, na nona jornada da Liga. Pedro Gonçalves marcou e foi expulso. Rúben Amorim também recebeu ordem de expulsão já na compensação

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG