Famalicão

João Pedro Sousa e a goleada: "O jogo nunca mais acabava"

João Pedro Sousa e a goleada: "O jogo nunca mais acabava"

No rescaldo da derrota (0-7) sofrida em casa frente ao Vitória de Guimarães, João Pedro Sousa disse estar "orgulhoso" dos jogadores e não está arrependido das alterações que fez na equipa.

O Vitória de Guimarães conseguiu, este sábado, a maior goleada em jogos fora de casa para a Liga, ao impor-se no estádio do Famalicão por 7-0, na 20.ª jornada da Liga. Um resultado e um jogo, segundo João Pedro Sousa, "difíceis" de explicar.

"É difícil de explicar, mas fazendo uma análise a quente, de facto sofremos um golo logo aos quatro minutos. Depois de sofrermos o segundo houve um descontrolo emocional e nunca mais conseguimos recuperar. A expulsão veio agravar... e foi o andar do jogo. Só esperávamos pelo final do jogo e o jogo nunca mais acabava", começou por dizer.

A vésperas de um jogo com o Benfica, a contar para a segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal - na primeira o Famalicão foi derrotado por 3-2 -, o treinador fez várias alterações no onze dos minhotos. Mas não está arrependido e acredita que a goleada sofrida esta tarde em nada afetará a equipa para o jogo de terça-feira, frente aos encarnados.

"Voltava a fazer o mesmo. Tenho excelentes jogadores. Hoje, estou mais orgulhoso nos meus jogadores do que ontem. São jogadores à Famalicão e que vão dar muitas alegrias. Benfica? Não acredito que haja algum impacto, são competições diferentes. Temos consciência absoluta que vamos disputar uma meia-final e um jogo que vai ficar nas páginas mais bonitas deste clube, vamos tentar vencê-lo e chegar à final, isso sim será histórico", concluiu.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG