Open da Austrália

João Sousa afastado nas meias-finais de pares

João Sousa afastado nas meias-finais de pares

O tenista português João Sousa, ao lado do argentino Leonardo Mayer, foi eliminado nas meias-finais do torneio de pares do Open da Austrália, primeira prova do Grand Slam da temporada.

A dupla luso-argentina foi batida pelo finlandês Henri Kontinen e pelo australiano John Peers, 12.os cabeças de série e vencedores em Melbourne em 2017, 6-1, 7-6 (8-6), em uma hora e 27 minutos.

Sousa e Mayer até entraram bem no encontro e dispuseram de um ponto de "break" logo a abrir, que não aproveitaram, e venceram o seu primeiro jogo de serviço. Mas acabaram por permitir que os adversários vencessem os cinco jogos seguintes e fechassem o "set" com um 6-1.

No segundo "set", o português e o argentino salvaram um "match point" ao 5-4 e conseguiram virar para 6-5, conseguindo o primeiro "break" à quinta tentativa, o mesmo número de oportunidades que Kontinen e Peers precisaram para conseguir três quebras de serviço.

No "tie-break", Sousa e Mayer estiveram a perder por 4-1, salvaram mais um ponto de encontro, mas acabaram por perder por 8-6.

João Sousa foi o primeiro português a chegar às meias-finais de um torneio do Grand Slam como sénior, depois de Frederico Silva ter vencido os torneios de pares de juniores no Open dos Estados em 2012 - foi finalista no ano seguinte - e em Roland Garros em 2013, e de Duarte Vale ter perdido a final do mesmo escalão do Open da Austrália em 2017.

Sousa e Mayer já tinham conseguido chegar por uma vez aos quartos de final de um "major", no Open dos Estados Unidos de 2015.

Na final, Kontinen e Peers vão defrontar o vencedor do encontro entre os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut, quintos cabeças de série, e os norte-americanos Ryan Harrison e Sam Querrey.