Ténis

João Sousa eliminado na qualificação para o Masters 1000 de Roma

João Sousa eliminado na qualificação para o Masters 1000 de Roma

O tenista português João Sousa foi eliminado na terceira e última ronda de qualificação para o Masters 1000 de Roma, esta segunda-feira, ao perder com o norte-americano Tennys Sandgren, em dois rápidos sets.

Sousa, 74.º classificado do ranking mundial e nono cabeça de série do torneio de qualificação, perdeu de forma categórica, pelos parciais de 6-3 e 6-0, frente ao 49.º colocado da hierarquia da ATP e primeiro favorito do "qualifying" da prova italiana, em terra batida.

O tenista vimaranense, de 31 anos, até entrou no encontro de forma promissora, quebrando o serviço de Sandgren, mas, depois disso, não apenas foi incapaz de o repetir, como venceu apenas dois dos sete jogos de serviço, cedendo após uma hora e 11 minutos de confronto.

Cai seis lugares no ranking mundial

O português caiu seis lugares no ranking mundial de ténis, hoje divulgado, passando a ocupar a 74.ª posição de uma classificação que continua a ser liderada pelo sérvio Novak Djokovic. O número um nacional entrou em setembro no 68.º lugar da hierarquia, mas voltou a manter a tendência de queda iniciada no mês passado.

João Sousa continua a ser o único representante luso no 'top 100' da ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP), à frente de Pedro Sousa (112.º), João Domingues é (159.º), Frederico Silva (193.º).

Djokovic continua no topo da hierarquia mundial, seguido pelo espanhol Rafael Nadal, segundo posicionado, e pelo austríaco Dominic Thiem, terceiro e que no domingo venceu o US Open. Já o suíço Roger Federer é quarto colocado.

No ranking feminino, a australiana Ashleigh Barty também manteve a liderança, enquanto a romena Simona Halep continua no segundo posto. O terceiro lugar é agora ocupado pela japonesa Naomi Osaka, que subiu seis posições, depois de no domingo ter conquistado o US Open.

Outras Notícias