Futebol

Jogadores do Mirandela sobem ao relvado com 11 cães para adotar

Jogadores do Mirandela sobem ao relvado com 11 cães para adotar

No próximo domingo, dia 31, os 11 jogadores da equipa titular de futebol do Sport Clube Mirandela vão subir ao relvado do estádio de São Sebastião acompanhados com 11 cães, antes do jogo com o Vila Meã, a contar para a quinta jornada da série B do Campeonato de Portugal.

Trata-se de uma iniciativa inovadora a nível nacional promovida pela ADAN - Associação de Defesa Animal do Nordeste - que pretende "sensibilizar as pessoas para que não abandonem os animais e apelar à adoção de animais abandonados, em vez de os comprar, porque afinal de contas, o grau de desenvolvimento de uma sociedade também se afere, entre outros parâmetros, pela forma como tratamos os animais", refere Margarida Duque, da ADAN.

"Vá ao futebol e adote um amigo de quatro patas", é o lema desta iniciativa que encerra as atividades da ADAN de comemoração do mês do animal, que decorreram ao longo de outubro.

A ADAN tem a parceria do Cantinho do Animal e o CRO - Centro de Recolha Oficial Intermunicipal de Animais de Companhia da Terra Quente Transmontana, cujo veterinário selecionou os 11 animais que irão acompanhar os jogadores do Mirandela e que estão prontos a serem entregues de forma gratuita a quem queira adotar um amigo para a vida.

"Antes do início do jogo, cada jogador vai entrar em campo com um dos patudos eleitos. Depois, regressam ao relvado no intervalo para que as pessoas possam ficar a perceber de qual gostam mais e tentarmos promover a adoção, que pode ser feita na hora e de forma graciosa", descreve Margarida Duque, sublinhando que os 11 animais "estão registados, esterilizados, com as vacinas em dia, com chip, e desparasitados interna e externamente".

O repto lançado ao Sport Clube Mirandela foi aceite de imediato com muito agrado por todo o plantel, garante o presidente da direção do clube. "Os jogadores disponibilizaram-se logo para colaborar nesta causa animal, até porque o clube está sempre aberto a estas iniciativas. Esperamos e desejamos que alguns cães venham a ser adotados", afirma Carlos Correia.

Atualmente, a taxa de adoção de animais abandonados no CRO da Terra Quente - que alberga cerca de 170 animais (cães e gatos) oriundos dos concelhos de Alfândega da Fé, Carrazeda de Ansiães, Macedo de Cavaleiros, Mirandela e Vila Flor - ronda os 10%.

PUB

Esta iniciativa, agendada para as 15 horas do próximo domingo, no estádio de São Sebastião, onde o Mirandela vai receber o Vila Meã, conta ainda com o apoio do Município de Mirandela na promoção e transporte dos animais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG