Futebol

Jogadores do PSG "vigiados" com GPS durante as férias

Jogadores do PSG "vigiados" com GPS durante as férias

O PSG concedeu dez dias de férias aos atletas que, durante o descanso, serão "vigiados" por um sistema GPS, que será examinado após o regresso ao trabalho, a 2 de janeiro.

Com as épocas festivas, chegaram as habituais pausas no campeonato francês. O PSG, líder da Ligue 1 com 50 pontos e 11 de vantagem em relação ao Mónaco, segundo classificado, concedeu dez dias de férias ao plantel mas, com eles, algumas condicionantes.

Segundo o jornal francês "Le Parisien", a equipa de Neymar e companhia terá os passos monitorizados por um sistema GPS, que será examinado após o período de descanso, para saber se respeitaram as regras. E mais: cada jogador levou uma lista com atividades físicas individuais.

No entanto, apesar das condicionantes, o clube francês decretou que os atletas poderão ter o GPS desligado durante três ou quatro dias (caso dos jogadores sul-americanos, que regressam aos trabalhos mais tarde).

Numa época que poderá levar a exageros no consumo de doces e na ingestão de álcool, o PSG, segundo ainda o "Le Parisien", deixou um claro aviso: os jogadores do clube parisiense estão proibidos de engordarem mais do que um quilo.