Futsal

Jorge Braz visita as escolas de Montalegre para mostrar que "nada é impossível"

Jorge Braz visita as escolas de Montalegre para mostrar que "nada é impossível"

O selecionador português de futsal, Jorge Braz, visitou a comunidade estudantil de Montalegre, a convite da Academia de Futebol e Futsal Abelhas Azuis, para mostrar aos mais novos que o interior também é sinónimo de oportunidades.

"A mensagem a passar a estes meninos é única e simplesmente esta: nada é impossível, depende muito deles e têm de saber o que querem na vida, lembrando-se todos os dias que é preciso trabalhar, haver dedicação e esforço para o atingirem", frisou Jorge Braz, campeão do mundo e bicampeão da Europa, a propósito da visita à comunidade estudantil do concelho de Montalegre.

Por conseguinte, enquanto "conterrâneo", quer mostrar aos mais novos que "ser do interior, de uma aldeia mais pequenina, ou de uma vila ou cidade maior não é impeditivo do que quer que seja".

PUB

Para o transmontano, "há determinados princípios e valores" que, quando "enraizados", funcionam como alavanca para se conseguir "atingir os objetivos", até porque "o comportamento é muito semelhante, seja em que atividade for".

"Às vezes, a atividade escolar e desportiva dos miúdos e o que se faz numa seleção nacional parecem coisas muito distantes e não o são. A mensagem é um bocadinho essa. Com esforço, com dedicação, tudo se consegue. Vai depender dos objetivos que definam e da forma como se lembram desses objetivos", reiterou o selecionador.

A propósito do périplo pelo concelho, o selecionador português de futsal, juntamente com Emídio Rodrigues, selecionador de sub-15, foram recebidos no salão nobre dos Paços do Concelho daquela vila do distrito de Vila Real, onde a autarca, Fátima Fernandes, enalteceu a importância da visita dos transmontanos enquanto exemplo para a comunidade estudantil.

"Ainda bem que temos quem nos mostre que somos capazes, que somos dos melhores. É uma motivação para todos aqueles que dão tanto da sua vida pessoal para acompanhar os nossos jovens numa prática desportiva que visa, essencialmente, não só o bem-estar, a saúde, mas, sobretudo, a partilha, o compromisso e a responsabilidade. O desporto é uma excelente escola que forma os nossos jovens", frisou a presidente do município de Montalegre que, anualmente, apoia os clubes do concelho com uma verba de cerca de 500 mil euros.

Honrado pelo convite e pela receção, Jorge Braz, que cresceu na aldeia de Sonim, no concelho de Valpaços, também no distrito de Vila Real, disse que estar em Montalegre é "estar em casa".

"Tanto eu como o Emídio somos daqui muito perto. Sabemos bem o que é Trás-os-Montes, passar as pedras. [A visita] Já estava prometida há algum tempo e temos a obrigação de estar presentes. São clubes e instituições assim que valem a pena e que merecem", concluiu o selecionador português.

Nascido em Edmonton, no Canadá, há 50 anos, o selecionador deu os primeiros toques na bola em Sonim, freguesia de Valpaços, distrito de Vila Real, de onde é natural a sua família.

Em julho de 2010, assumiu o cargo de selecionador nacional e, desde então, conquistou dois Europeus (2018 e 2022), um Mundial (2021) e a Finalíssima Intercontinental (2022).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG