Taça da Liga

Jorge Jesus: "A ganhar 3-1, o Benfica não pode deixar-se empatar"

Jorge Jesus: "A ganhar 3-1, o Benfica não pode deixar-se empatar"

O treinador das águias valorizou o "excelente jogo", mas não escondeu a insatisfação por ver fugir a vantagem: "Na segunda parte, não fomos tão fortes".

Jorge Jesus não gostou de ver o Benfica deixar fugir duas vantagens de dois golos, esta quarta-feira, frente ao V. Guimarães (3-3), em jogo da Taça da Liga, mas dividiu o demérito das águias com o mérito do adversário, elogiando o "excelente jogo".

"Isto é que é jogar futebol, o que o V. Guimarães e o Benfica fizeram. Não houve cá jogadores a cair para o chão, nem o Benfica a ganhar fez isso. Isto é que os adeptos gostam, isto é que é espetáculo. Foi um excelente jogo para quem viu, agora quando fazes três golos tens de sair daqui com uma vitória como fizemos no campeonato", disse Jorge Jesus após o encontro.

O treinador benfiquista reconheceu a descida de rendimento da equipa após o intervalo.

"É verdade que o Benfica a ganhar por 2-0 ou 3-1, seja qual for o adversário, não pode deixar-se empatar porque o conteúdo do Benfica defensivamente é muito forte, mas também é verdade que o Guimarães também tem algum mérito. Na segunda parte já não fomos a equipa tão forte como fomos na primeira, o que é normal, com jogadores que não têm jogado tanto. Faltou-nos intensidade na última meia-hora e mesmo as substituições que fiz não ajudaram muito", referiu.

Por fim, Jorge Jesus destacou o facto de as águias só dependerem delas próprias para avançarem para as meias-finais da Taça da Liga.

"O que conta é que ainda temos uma palavra a dizer. O Benfica agora só está dependente do jogo com o Covilhã. Se tivéssemos ganho tínhamos praticamente assegurado a "final four", não conseguimos, mas ainda temos uma chance", completou.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG