Futebol

Jorge Jesus: "Benfica teve medo de não ganhar"

Jorge Jesus: "Benfica teve medo de não ganhar"

O treinador do Benfica deixou elogios à primeira parte da equipa encarnada e salientou que os casos de covid-19 no plantel "mexe com a equipa".

"O jogo teve duas coisas boas: a vitória e a primeira parte do Benfica. Tivemos muita qualidade nessa fase, com dois golos, e podíamos ter marcado mais. Na segunda, quando o jogo podia ser mais fácil, a equipa ficou nervosa quando começou a defender. A equipa tem de saber defender. As alterações do Portimonense fizeram com que não chegássemos ao portador da bola com pressing. Depois houve situações de perigo com centros e eles marcaram. A verdade é que a equipa teve medo de não poder ganhar. Acontece quando uma equipa não está muito tranquila", começou por dizer Jorge Jesus.

Numa semana marcada por novos casos de covid-19 no plantel - Seferovic, João Ferreira, Pizzi, Jardel e Gonçalo Ramos estão infetados - o treinador salientou que a situação "mexe" com o "psicológico da equipa".

"O mais importante é recuperar toda a equipa, pois isto da covid-19 não é só problema de o jogador estar fora, mexe com o grupo. Durante a semana está sempre desconfiado, a pensar que 'a seguir pode ser um de nós'. Para 2021 quero que haja paz social e o Benfica jogue ao nível do que fez hoje na primeira parte. É este o futebol que penso que o Benfica tem capacidade para fazer", concluiu.

O Benfica venceu (2-1), esta terça-feira no Estádio da Luz, o Portimonense na 11.ª jornada da Liga. Rafa esteve em destaque nos encarnados.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG