O Jogo ao Vivo

Futebol

Jorge Jesus: "Hoje não sofremos e depois controlámos, era a nossa obrigação"

Jorge Jesus: "Hoje não sofremos e depois controlámos, era a nossa obrigação"

No rescaldo da vitória em Barcelos, o treinador do Benfica considerou o resultado justo e afirmou que o mesmo dá motivação para o jogo de quarta-feira, frente ao F. C. Porto, para a Supertaça.

"Quero dar os parabéns ao Benfica pela vitória e ao Gil Vicente pelo excelente relvado que tem. Na primeira parte, criámos algumas oportunidades de golo mas acabámos por não concretizá-las, o que tornou o jogo mais equilibrado. O Gil Vicente defendeu bem, esteve sempre bem organizado. É verdade que com 11 íamos criar algumas oportunidades, mas com 10 ficou melhor. O Gil não nos criou problemas sem ser através de bolas paradas. Foi uma boa vitória, mais três pontos, andávamos há umas jornadas a dar de avanço ao adversário, a marcar primeiro... hoje não. Hoje não sofremos e depois controlámos, era a nossa obrigação", começou por dizer Jorge Jesus.

Sobre o jogo de quarta-feira, frente ao F. C. Porto, a contar para a Supertaça, o treinador afirmou que o triunfo deste domingo, frente a uma equipa "agressiva", dá motivação.

"É verdade que é o primeiro título da temporada e que não há equipas que não fiquem moralizadas com vitórias. Temos melhorado de jogo para jogo e estamos mais identificados com o nosso modelo de jogo. Hoje, defensivamente estivemos melhor, fruto também de algumas mudanças no posicionamento dos jogadores. Mas gostei da equipa do Gil Vicente, uma equipa que tem um estilo de jogo mais agressivo, mas nós estávamos preparados para esse estilo de jogo".

O Benfica venceu (2-0), este domingo, o Gil Vicente no Minho na 10.ª jornada da Liga. Os golos surgiram apenas na segunda parte, já com os gilistas reduzidos a dez após a expulsão, por acumulação de amarelos, de Ygor Nogueira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG