Futebol

Jorge Jesus irrita-se com instalação sonora: "Ou se organizam ou não vale a pena falar"

Jorge Jesus irrita-se com instalação sonora: "Ou se organizam ou não vale a pena falar"

Depois do apito final frente ao Moreirense, o treinador do Benfica, já na zona de entrevistas rápidas, não gostou de estar a a falar com a música tão alta no Estádio.

"Ou vocês se organizam melhor ou nem vale a pena falar na flash interview. Não estou muito concentrado, estar aqui a falar consigo e estar esta música. Não estou concentrado", disse Jorge Jesus no início da entrevista.

Veja o momento:

O treinador dos encarnados desapareceu mesmo do plano de transmissão mas acabou por regressar, já com a música mais baixa, para responder a outras questões. E, sobre o duelo, Jorge Jesus afirmou que o Moreirense podia ter saído do Estádio da Luz "com um saco cheio de golos".

"Este jogo tinha de ser 6 ou 7-0. Hoje o Benfica ia estar melhor do que em Famalicão, tivemos jogadas de grande qualidade técnica. Foi pena não termos transformado isso em mais golos. O Moreirense não criou uma chance de golo. Fez um remate na primeira parte. Passou 90 e poucos minutos a jogar com todos os jogadores no meio campo e não conseguiu parar a equipa do Benfica, porque a equipa do Benfica neste momento está muito difícil de parar", começou por dizer.

PUB

Sobre Darwin, o técnico afirma que o jovem avançado ainda é um "peixe fora de água", principalmente sem bola, mas destacou-lhe as qualidades.

"É um jogador que quando acelera... Por isso é que achamos que era um bom avançado. Assistiu mais do que uma vez, mais um golo de bandeja para a equipa. Ainda é um peixe fora da água. Quando tem bola sozinho sabe o que tem de fazer, mas quando não tem ainda não sabe muito bem o que tem de fazer. Mas de certeza que acertámos no jogador, com 21 anos tem uma margem de progressão muito grande", afirmou.

O Benfica venceu (2-0), este sábado no Estádio da Luz, o Moreirense na segunda jornada da Liga. Rúben Dias, na sequência de um pontapé de canto de Everton, inaugurou o marcador. Na segunda parte, Darwin assistiu Seferovic para o suíço fechar a contagem.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG