Benfica

Jorge Jesus: "O árbitro tem autoridade e quem não quiser perceber vai para a rua"

Jorge Jesus: "O árbitro tem autoridade e quem não quiser perceber vai para a rua"

Jorge Jesus, treinador do Benfica, não quis comentar diretamente nesta quinta-feira os episódios que ocorreram em Moreira de Cónegos, após a partida entre o Moreirense e o F. C. Porto, mas admitiu que a noite foi muito polémica.

"Não foi um caso, foram três. Não fica bem eu comentar algo que nada tem a ver com o Tondela-Benfica mas penso que todos nós temos de rever os nossos processos no futebol em Portugal. O futebol é muito mais importante que os interesses individuais e eu gostava também de contribuir", sublinhou, em conferência de Imprensa, no Seixal.

O responsável afirmou que a ausência de público modificou o comportamento dos agentes. "Antigamente só o treinador no banco podia falar e agora toda a gente acha que deve interferir no jogo, os roupeiros, os médicos, se tiver lá o gato também vai o gato. O árbitro tem autoridade e quem não quiser perceber a sua autoridade vai para a rua".

Relativamente ao encontro de amanhã com o Tondela, afirmou que Jardel e Taarabt não serão opção. "Estão lesionados. O Taarabt acredito que recupera para o encontro com o F.C. Porto, o Jardel acho que não. Três centrais? Faltam dois jogadores mas posso lançar o Morato, que treina com a equipa".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG