Futebol

Jorge Jesus recusa ir à "flash interview" por não baixarem o volume da música do estádio

Jorge Jesus recusa ir à "flash interview" por não baixarem o volume da música do estádio

O treinador do Benfica pediu aos responsáveis do Braga para baixarem o volume da música do estádio mas, como tal não sucedeu, Jesus recusou ir à "flash interview" por considerar "não haver condições para falar".

O final de jogo deste domingo entre o Braga e o Benfica, que os encarnados venceram por 2-0, ficou marcado por um momento caricato. Após o apito final, e já depois de Carlos Carvalhal ter prestado declarações na zona de entrevistas rápidas, esperava-se a presença de Jorge Jesus mas tal não aconteceu por causa... da música.

O treinador dos encarnados pediu aos responsáveis do Braga para baixarem o som da música do estádio mas, como nada foi feito, Jorge Jesus acabou por não se apresentar na "flash interview".

Já em conferência de imprensa, o técnico justificou a ausência com a "falta de condições".

"Não fui porque achava que não havia condições para estar a falar, para poder responder às perguntas do jornalista por causa do som da música, do ambiente do estádio. Pedimos para baixar o som, para se poder comunicar. 'Ah mas os outros foram'. Só que eu não tenho nada a ver com isso. Já o tinha feito na Liga Europa [jogo com o Arsenal], disse que ou se calavam ou não falava. Tem de se respeitar a organização do jogo, mas a organização tem de saber organizar-se, porque quem vai comunicar com os jornalistas tem de ter condições para o fazer", esclareceu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG