Paços de Ferreira

Jorge Simão ciente das "abissais diferenças" com o Tottenham

Jorge Simão ciente das "abissais diferenças" com o Tottenham

O treinador Jorge Simão reconheceu esta quarta-feira as "abissais diferenças" entre o Paços de Ferreira e o Tottenham, mas defendeu que os pacenses devem "encarar com coragem" a eliminatória que dá acesso à fase de grupos da Liga Conferência Europa.

A primeira mão joga-se na quinta-feira, em Paços de Ferreira, e será "um momento histórico" para o emblema português. Jorge Simão apresentou em conferência de imprensa alguns números que representam as duas equipas, mas sem mostrar queixume pelas evidentes diferenças.

"Tive a curiosidade de procurar o valor de mercado das duas equipas e verifiquei que o Tottenham tem um valor de mercado de 704 milhões comparativamente a 22 milhões do Paços. Assim por alto, diria que a diferença de orçamento é de umas cem vezes mais. São diferenças, mas estamos a falar de um jogo de futebol, em que serão sempre 11 contra 11", disse Jorge Simão, numa concorrida conferência de antevisão.

Nesse sentido, o técnico pacense disse ser necessário "abordar esta eliminatória com coragem", procurando "mostrar a identidade forte [do Paços]", para ter a "possibilidade de lutar pelo jogo de amanhã [quinta-feira] e pela eliminatória".

"Gostava que os jogadores adversários sentissem dificuldade a jogar contra o Paços. Não vou estar aqui a fazer o papel do espigadote ousado, até porque as diferenças entre os emblemas são evidentes e abissais, mas deem-nos a oportunidade de poder lutar pelo jogo", reforçou.

Para Jorge Simão, a responsabilidade na eliminatória está do lado dos ingleses e do seu homólogo do Tottenham, Nuno Espírito Santo, assumindo que não pretende perder a identidade que tem vindo a ser desenvolvida na Capital do Móvel, num jogo em que "o Paços vai tentar lutar por coisas positivas".

"A relva é boa, as dimensões do terreno são iguais, embora a envolvência das bancadas seja seguramente inferior, e acredito que o ambiente do estádio seja caloroso no sentido de nos apoiar para um bom desempenho. A sensação que vai dentro é a de que vamos à luta, deixem-nos a possibilidade de defrontar e combater, de tentar lutar por coisas boas no jogo", afirmou Jorge Simão.

PUB

O técnico pacense disse ainda acreditar que o Tottenham deverá apresentar-se em campo com os melhores, mas não perdeu a esperança de que em campo os valores e as forças se possam assemelhar.

O Paços de Ferreira, que na anterior eliminatória derrotou o Larne, da Irlanda do Norte, e o Tottenham começam a discutir o acesso à fase de grupos da LCE no estádio Capital do Móvel, na quinta-feira, às 19:30, num jogo que terá arbitragem de Maurizio Mariani, de Itália.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG