Futebol

José Peseiro: "É um passo atrás, mas a derrota não nos perturba"

José Peseiro: "É um passo atrás, mas a derrota não nos perturba"

No final da derrota frente ao Portimonense, José Peseiro considerou o resultado "um passo atrás" e afirmou que os leões fizeram uma primeira parte menos conseguida.

"Chegamos desgastados, fizemos uma viagem longa depois do jogo na Liga Europa. E sabíamos que tínhamos de estar coesos e compactos para de alguma forma atenuar essa menor intensidade devido ao cansaço. Foi uma má primeira parte nossa. Demos tempo e espaço, não pressionámos, e os jogadores do Portimonense têm muita qualidade individual e aproveitaram. Fomos permissivos", começou por analisar o técnico.

José Peseiro deixou ainda elogios à reação dos leões na segunda parte e garantiu que a derrota não perturba o clube de Alvalade.

"A segunda parte foi de raça, de atitude, mas jogamos demasiado com o coração e isso prejudicou-nos. Cometemos erros normais de quem arrisca, mas que não deviam ter acontecido. Fomos unidos, tivemos capacidade de lutar e isso é uma característica nossa. A derrota não nos perturba. Foi um passo atrás, mas é muito cedo para baixar os braços. Estamos tristes pelo resultado, mas agora temos de analisar as situações em que falhamos e melhorar", concluiu.

Bruno Fernandes: "Tiveram mais alma do que nós"

No final do encontro, o médio do Sporting garantiu que o cansaço em nada esteve relacionado com a derrota e considerou o resultado justo.

"Não temos de nos desculpar com o desgaste. Não fomos simplesmente capazes. Eles foram mais agressivos, tiveram mais alma do que nós, infelizmente. É uma vitória merecida para o Portimonense. As ambições do Sporting passam por ganhar os jogos. Se não o conseguirmos, pouco interessa o resultado dos outros", disse.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG