Exclusivo

Juventus, a "Velha senhora" sem juízo e em problemas

Juventus, a "Velha senhora" sem juízo e em problemas

Clube italiano volta a estar na mira da Justiça e vive crise de resultados. Direção demite-se e Agnelli deixa a presidência

A Velha Senhora já tem idade para ter juízo, mas está outra vez em apuros. A Direção demitiu-se, o presidente responsável pelo período mais festivo da história do clube também saltou fora do barco e, 16 anos depois de estar envolvida num escândalo de corrupção e ter sido exemplarmente punida por isso, volta a ter a Justiça à perna, agora por atividades suspeitas e ilegais com transferências e contratos de jogador. À beira disto, a crise desportiva que abate o clube desde 2020 quase não tem importância.

Na última década, a Juventus deu sempre o ar de ser um clube-modelo, gerido exemplarmente, com bons resultados dentro e fora do campo. A mancha do "Calciopoli" ia desaparecendo. Por detrás dessa aura que chegou a parecer indestrutível, Andrea Agnelli, o homem que, finda a época 2009/10 com mais uma classificação desanimadora (sétimo lugar), assumiu a presidência com planos ambiciosos e promessas de voltar a fazer da Juve o grande clube italiano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG