Exclusivo

Kimmich: sem vacina, sem ordenado e com infeção pulmonar

Kimmich: sem vacina, sem ordenado e com infeção pulmonar

No dia em que assumiu que só volta aos relvados em 2022, após uma complicação que se seguiu à infeção por covid-19, o internacional alemão volta a estar no centro das atenções por ter recusado a inoculação.

"Estou feliz porque a minha quarentena acabou". A frase é de Joshua Kimmich e foi divulgada esta quinta-feira pelo Bayern de Munique, mas o início da declaração não conta tudo. Bem pelo contrário. O próprio internacional alemão admite que ainda não pode treinar normalmente, já que sofreu uma "ligeira infiltração nos pulmões", após ter testado positivo à covid-19 no dia 25 de novembro.

Apesar de se "sentir muito bem", o médio vai mesmo ter de fazer tratamentos de reabilitação até ao final deste ano e o regresso aos relvados fica, portanto, adiado até janeiro, depois de já ter falhado os últimos três encontros dos bávaros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG