Ténis

Krygios tatua Kobe e Lebron e fala em preconceitos no ténis

Krygios tatua Kobe e Lebron e fala em preconceitos no ténis

Nick Krygios, um dos tenistas mais irreverentes e talentosos da atualidade, publicou um vídeo onde exibe as tatuagens que fez no braço em homenagem a Kobe Bryant e LeBron James. O australiano aproveitou ainda para classificar o ténis como um desporto feito para "pessoas brancas".

Que Nick Krygios é irreverente já ninguém tem dúvidas. E que o australiano tem o "coração perto da boca" também não. Na segunda-feira, o 40.º classificado do ranking mundial, publicou um vídeo onde exibiu as novas tatuagens e deixou diversos "recados". A paixão de Krygios pelo basquetebol não é nova e, desta vez, o jovem tenista quis homenagear Kobe Bryant e LeBron James.

"Queria tatuar algo do Kobe depois de tudo o que se passou. Usei a camisola dele no Open da Austrália no dia em que ele faleceu e chorei muito. Vejo basquetebol todos os dias e é uma parte importante da minha vida. Nunca poderei imitar o que Kobe fez, mas pode haver momentos em que tentarei", disse.

Mas não se ficou por aqui. Sempre muito crítico, Krygios deixou uma mensagem ao circuito mundial e a todos os seus seguidores.

"Já era um dos jogadores mais tatutados, mas a partir de agora sou certamente aquele que tem mais. O ténis é um desporto de pessoas brancas, de tradições, não tem nada a ver com a NBA onde os jogadores são quase todos tatuados. É por isso que sou tão criticado. Não é que tenha feito algo de errado, mas a minha maneira de ser e imagem é algo que o ténis nunca tinha visto antes. Porque o ténis é um desporto diferente", afirmou o tenista que está a cumprir a quarentena na terra natal, em Camberra, Austrália.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG