Exclusivo

Lançadora do dardo vende medalha para ajudar bebé

Lançadora do dardo vende medalha para ajudar bebé

Maria Andrejczyk não ficou indiferente à história de Milosz, de oito meses, e decidiu leiloar a prata que ganhou em Tóquio. Comprador devolveu-lha depois.

Falar de Maria Andrejczyk é falar de perseverança, trabalho, sucesso. E de solidariedade. A polaca foi uma das atletas qualificadas para os Jogos de Tóquio e uma das poucas que conseguiu escrever o nome no leque dos melhores, ao conquistar uma medalha de prata no lançamento do dardo, mas acabou por ter uma atitude de ouro ao decidir vender o pedaço de metal tão valioso para ajudar um bebé. "O valor real de uma medalha fica sempre no coração. A medalha é apenas um objeto e pode ser de grande valor para os outros", explicou.

A polaca de 25 anos, que em 2018 recuperou de um cancro ósseo já depois de ter participado nos Jogos Olímpicos do Rio, não ficou indiferente à história de Milosz, uma criança de oito meses que precisava de uma cirurgia cardíaca, no valor de 300 mil euros, que os pais não tinham possibilidades de pagar, e fez questão de vender a medalha e oferecer todos os lucros à família.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG