Futebol

Lançamento da primeira pedra da futura sede da Liga de Clubes em fevereiro

Lançamento da primeira pedra da futura sede da Liga de Clubes em fevereiro

A cerimónia de lançamento da primeira pedra da futura sede da Liga Portuguesa de Futebol Profissional vai realizar-se no dia 22 de fevereiro, no Porto, anunciou o organismo que tutela as competições profissionais de futebol.

O arranque da construção da Arena Liga Portugal, que a Liga de Clubes encara como "uma nova página na sua história", tem início marcado para as 14:30 do dia 22 de fevereiro, na Rua Padre Diamantino Gomes, na freguesia de Ramalde. A sua conclusão e consequente inauguração estão previstas para 2023.

"O edifício, disponível para servir a região e a cidade do Porto, assume-se como baluarte para o futuro, em perfeita harmonia com a envolvência paisagística da cidade e com a comunidade local", indicou a Liga de Clubes, em comunicado publicado no seu sítio oficial na Internet.

Segundo a entidade, a futura sede constituir-se-á como uma "obra emblemática, que transpirará futebol", bem como um "edifício autossustentável, ao serviço do futebol profissional e seus parceiros, que reforçará a dinâmica sócio económica da cidade do Porto e do país".

"A Arena Liga Portugal será ponto de encontro e desenvolvimento de negócios, tanto a nível nacional como internacional. O espaço será equipado com a mais avançada tecnologia para aprendizagem e "coworking", com destaque para incubadora de empresas, através da criação de nove salas para receber "start up" ligadas ao futebol", indica a nota.

O edifício contemplará uma sala multiusos, um auditório com capacidade para 300 pessoas, espaços para formação, um restaurante/bar e uma área comercial, abertas ao público, além de um museu do futebol profissional e de uma zona para atividades ligadas à performance e desempenho de jovens jogadores.

A cerimónia de lançamento da primeira pedra contará com a presença do presidente da Liga de clubes, Pedro Proença, e do presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, bem como de "personalidades da esfera política e desportiva nacional", que o organismo não identificou.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG