Futebol

Leão teve de suar muito para passar o Natal feliz

Leão teve de suar muito para passar o Natal feliz

Sporting sofreu golo aos nove minutos, mas consumou a reviravolta no arranque da segunda parte. Acabou recolhido depois da expulsão de Tabata.

O apuramento do Sporting para os quartos de final da Taça de Portugal está selado às custas de muito suor para contrariar a combativa equipa do Casa Pia, que até pregou um susto aos leões no arranque da partida. E depois, na reta final, soube encolher no terreno de jogo os leões, reduzidos a dez unidades.

Os casapianos entraram bem na partida e chegaram ao golo aos oito minutos, com uma bela cabeçada de Jota, a principal referência da equipa, depois de um bom cruzamento de Poloni. O Sporting soube reagir, teve alguns lances de perigo e viu uma grande penalidade não ser assinalada por mão na bola de Hebert na grande área. O golo acabou por chegar num canto, batido por Tabata e desviado por Jota, do Casa Pia, que acabou por terminar nas pernas do inevitável Coates. O intervalo chegou com os leões por cima, mas empatados.

No segundo tempo, Ruben Amorim lançou Paulinho para o lugar de Nazinho e a dinâmica ofensiva mudou. A equipa sentiu-se mais confortável, criou perigo desde o primeiro minuto e chegou justamente ao golo por Sarabia, num lance validado pelo VAR... mais de dois minutos após a bola ter entrado milimetricamente na baliza. Pelo meio, e até à confirmação do golo, Pedro Gonçalves obrigou Lucas Paes a uma grande defesa.

O Casa Pia sofreu a bem dizer nesse período do jogo, viu a bola ser cortada pelos defesas em cima da linha de golo por duas vezes, primeiro por Poloni a remate de Pedro Gonçalves, e depois por Kelechi após finalização de Tabata... Que viria a ser expulso no lance seguinte. O brasileiro pisou Jota e viu Rui Costa levantar-lhe o vermelho. Pelo segundo jogo consecutivo, o brasileiro abandonou o relvado por ação disciplinar.

PUB

Com apenas 10 jogadores em campo, Amorim foi obrigado a mexer, fortaleceu o meio-campo com Ugarte e Matheus Nunes, lançou Nuno Santos na ala e tentou resguardar-se e apostar na transição, sem ter criado grande perigo, tendo aguentado a réplica final do emblema da segunda Liga.

Final feliz para o Sporting, que vai passar o Natal na liderança do campeonato (partilhada com o F. C. Porto), apurado para os quartos de final da Taça de Portugal, para os oitavos da Liga dos Campeões e para a final four da Taça da Liga e com o título da Supertaça no sapatinho desde julho.

POSITIVO: Sarabia continua a melhorar a olhos vistos e foi o destaque dos leões. Marcou justamente o golo decisivo.

NEGATIVO: Pelo segundo jogo consecutivo, Tabata é expulso. Já tinha visto duplo amarelo no encontro com o Penafiel.

ÁRBITRO: Penálti por marcar para o Sporting, por mão na bola de Hebert, manchou a noite de Rui Costa e Fábio Melo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG