Taça de Portugal

Leça obrigado a testar plantel de dois em dois dias para o jogo com o Sporting

Leça obrigado a testar plantel de dois em dois dias para o jogo com o Sporting

Clube do quarto escalão que na próxima terça-feira defronta os leões na prova rainha teve de mudar de hábitos, por causa da partida dos quartos de final. Para já, só foi detetado um caso positivo

O Leça Futebol Clube, que na próxima terça-feira (20.45 horas), recebe, em Paços de Ferreira, o Sporting, em jogo dos quartos de final da Taça de Portugal de futebol, foi obrigado a testar o plantel à covid-19, de dois em dois dias, no âmbito das normas institucionais a colocar em prática, para a partida frente aos leões.

Por pertencer ao quarto escalão nacional (Campeonato de Portugal), a equipa de Leça da Palmeira em regra não é testada mas, desta feita, a fase da competição na Taça de Portugal e a própria natureza do adversário ditaram a concretização de um conjunto de regras, situação que, de resto, já deslocalizou a partida para Paços de Ferreira, por alegada falta de condições do recinto leceiro.

PUB

Entre as obrigações do Leça está a realização de testes à covid-19, de dois em dois dias, procedimento que o clube está a cumprir, com o apoio da Federação Portuguesa de Futebol. A entidade organizadora da prova assumiu o pagamento dos exames e está a coordenar uma logística que mexe com o quotidiano, tradicionalmente pacato, do emblema matosinhense.

O plantel e restante estrutura do Leça já foram testados nos dias 31 de dezembro, 3 e 5 de janeiro, tendo nova ronda de testes agendada para esta sexta-feira. Até ao momento, segundo apurou o JN, só uma pessoa (jogador), acusou positivo, situação que ocorreu na primeira pesquisa, pelo que entretanto já terá alta esta sexta-feira, bem antes da realização do encontro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG