Liga Revelação

Leixonenses entram com o pé direito no grupo do campeão

Leixonenses entram com o pé direito no grupo do campeão

Jogo entre os sub-23 dos emblemas, mas que bem podia ser entre os seniores, acaba com vitória matosinhense

O Leixões derrotou o Estoril por duas bolas a uma numa partida jogada no Estádio do Mar e com uma espetacularidade que fez com os 90 minutos passassem exponencialmente mais rápido, num jogo a contar para a Liga Revelação.

Foi apenas o segundo jogo desta fase para determinar o campeão da Liga Revelação. Duas equipas que deram bons sinais na fase regular e praticam um futebol bastante agradável lutavam pelos primeiros pontos nesta caminhada para ganhar o campeonato.

Como o histórico de encontros já fazia antever - canarinhos nunca ganharam no Estádio do Mar - o Leixões conseguiu a vitória. Foi uma conquista suada, já que o golo da vitória, marcado por Vítor Ribeiro, foi numa segunda parte muito bem conseguida e dominada pelo Estoril. Isto, claro, depois de uma primeira parte com os outros dois tentos do encontro, ambos de grande penalidade, convertidos por Vítor Ribeiro, para o Leixões, e Afonso Valente para os canários.

Foi um golpe de teatro fatal do conjunto de Vítor Martins, já conhecido pela eficácia e facilidade em encontrar espaços no último terço ofensivo. Bamba, na faixa direita do ataque leixonense foi uma constante dor de cabeça para os estorilistas, dado o bailado do costa-marfinense em frente à marcação e à capacidade que apresentou na hora de de encontrar um colega em boa posição. Nos matosinhenses, outro jogador em evidencia foi Evans Aneni, lateral com uma visão bastante convincente quanto às possibilidades de vir a singrar no Leixões.

Do outro lado, o grande responsável pelo elevado ritmo aplicado nesta partida foi Sérginho que evidenciou uma técnica sobrenatural para a tenra idade (20 anos). Um médio que consegue fazer posições avançadas como extremo e falso nove e que é dotado de um drible que lhe permite livrar-se da oposição em momentos de aperto e críticos para o jogo.

Este resultado dita uma entrada com o pé direito do Leixões na competição, que passa a somar os mesmos três pontos do Benfica no topo da tabela.

PUB

Triplete de vitórias minhotas

Nos restantes jogos do dia, Famalicão, Vitória S.C. e Vizela conquistaram vitórias importantes para passarem a ser os ocupantes das três primeiras posições da tabela classificativa respetivamente.

Os famalicenses foram à Madeira triunfar de forma convincente ante o Marítimo por 1-3, com golos de André Ricardo, Konaté e Francisco Saldanha.

Vimaranenses, únicos minhotos a jogar em casa nesta jornada, obtiveram um resultado de três golos sem resposta contra a Belenenses SAD. Abel Joshua, Pedro Silva e João Pinto foram os autores dos golos.

Por último, o Vizela, em Coimbra, derrotou a Briosa com um golo solitário, mas suficiente de Friday Etim.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG